Loading...

Início Home Accueil

Contact

C.A.R.M.E.N.

Ribeira da Azenha, CP 668

7645-065 Vila Nova de Milfontes


Telefone: 963766814 / 917938062

E-mail: contact@carmen.pt

Inicio A CARMEN Actividades Serviços Eventos Resultados Contactos

Partenaires

Que futuro para o Alentejo em plena transformação?


Seminário organizado pela CARMEN em parceria com a AEIDL (Associação Europeia para Informação sobre Desenvolvimento Local - Bruxelas)

No quadro dos Sábados do Desenvolvimeento locqal
Sábado, 5 de outubro de 2019 no Centro CARMEN na Ribeira da Azenha
______


Apresentaçáo



Sendo uma área predominantemente rural, de baixa densidade e forte identidade cultural, marcada por séculos de um sistema agropastoril e florestal extensivo, com pano de fundo a luta entre latifundiários e trabalhadores agrícolas, o Alentejo está hoje sujeito a três fatores que modificam radicalmente as suas características socioeconômicas, demográficas e culturais:

1. A extensão dos regadios pela construção de barragens. Iniciada nos anos 1950-60, essa extensão gradualmente se espalhou para cobrir uma boa parte da região, nomeadamente com a barragem de Alqueiva e a ligação em rede entre todas as grandes barragens. Num contexto global em que o Alentejo é uma das poucas regiões do mundo com um clima mediterrânico que ainda tenha água, isto teve um efeito altamente atrativo para os investidores em culturas intensivas de amêndoa, olivicultura e fruticultura que estão a transformar a paisagem física e social da região.

2. O desenvolvimento do turismo, especialmente nas zonas costeiras, levando a fortes investimentos em infraestruturas e o desenvolvimento do sector terciário.

3. A evolução demográfica da região, marcada por um êxodo massivo, principalmente dos jovens a partir dos anos 1980, após o fracasso da reforma agrária, e, mais tarde, a imigração de uma mão de obra estrangeira para a agricultura intensiva em áreas de regadios. Soma-se a isso a instalação de neo-rurais, fator essencial de diversificação econômica e inovações rurais.


Como, neste contexto, pensar o futuro do Alentejo, conciliando a sua riqueza cultural com estas novas transformações? Que nova configuração está surgindo no contexto da globalização e da mudança climática? Quais são os desafios ambientais, sociais, econômicos e culturais no futuro?

Para debater destas questões, as associações CARMEN e AEIDL propõem organizar no dia 5 de outubro de 2019, um seminário de reflexão e intercâmbio entre pessoas com conhecimentos e experiências diversificadas sobre esta região. O debate seria organizado em torno de quatro temas, cada um sendo objeto de uma sessão. Cada sessão será introduzida por duas intervenções breves, seguidas de um debate aberto, com o objetivo de tirar algumas conclusões essenciais que poderão ser objeto de divulgação. Um prolongamento deste seminário noutros eventos poderá eventualmente ser considerada para dar continuidade a este primeiro debate.


Ver programa e inscrições

Actividades

>

Seminários